FANDOM


Agua-no-deserto.jpg

Porque tive fome, e Me destes de comer; tive sede, e Me destes de beber; era forasteiro, e Me hospedastes; estava nu, e Me vestistes; enfermo, e Me visitastes; preso, e fostes ver-Me. Mateus 25:35, 36

Um capelão do exército se aproximou de um soldado ferido no campo de batalha e lhe perguntou se ele gostaria de ouvir alguns versos da Bíblia. O ferido respondeu: “Não, estou com muita sede, e prefiro beber um pouco de água.” O capelão lhe deu de beber e então repetiu a pergunta. “Não, senhor, agora não. Mas poderia fazer-me o favor de colocar algo embaixo da minha cabeça?” O capelão atendeu ao pedido e novamente repetiu a mesma pergunta. “Não”, respondeu o soldado, “sinto frio. O senhor poderia me cobrir?”

O capelão tirou o casaco e cobriu o soldado. Receoso de fazer novamente a mesma pergunta, ele fez menção de ir embora, mas o soldado o chamou: “Senhor, se há alguma coisa nesse seu livro que leva uma pessoa a fazer pela outra o que o senhor fez por mim, eu gostaria de ouvir.”

É possível que muitos de nós estejamos ansiosos demais por testemunhar nossa fé, fazendo visitas missionárias, oferecendo estudos bíblicos, pregando e doutrinando. Mas antes de atender às necessidades espirituais é preciso atender às necessidades físicas. Lembro-me de um professor de teologia que dizia em suas aulas: “Ninguém aceita o evangelho de barriga vazia.”

Na parábola das ovelhas e dos bodes (Mt 25:31-46), Jesus ensinou que Deus nos julgará segundo nossa reação para com os necessitados. O julgamento de Deus não se baseará no conhecimento, na fama ou fortuna que tivermos adquirido, mas na ajuda que tivermos prestado.

É interessante notar que essa ajuda tem que ver com as coisas simples da vida, que estão ao alcance de todos – dar um prato de comida ao faminto, um copo d’água ao sedento, hospedar o estrangeiro, visitar o enfermo ou prisioneiro. Não se trata de doar uma fortuna e ter o nome registrado nos anais da história, mas de prestar uma ajuda simples a pessoas que encontramos no nosso dia a dia.

Há pessoas que só ajudarão se houver publicidade e reconhecimento. Mas essa atitude não provém de um coração generoso e desinteressado. É, antes, uma forma disfarçada de egoísmo. Cristo disse: “Quando, pois, deres esmola, não toques trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas” (Mt 6:2).

Os atos de bondade que Deus aprova são aqueles praticados pelo prazer de ajudar, e não para se obter algo em troca, nem mesmo para ser salvo. [[Categoria:QUANDO UM IRMÃO PODE SER UM QUE ESTEJA RASGADO E FAMINTO DE QUE DEUS ESTÁ OLHANDO E VENDO AQUELE SEU FILHO QUE ESTÁ AFATIGADO COM VERGONHA EM TER QUE PEDIR ENTÃO FAÇAMOS O QUE ESTÁ EM NOSSO DEVER AJUDAR AOS MAIS NECESSITADO E AS VEZES SEM ROUPAS AJUDE-O POIS DEUS O COLOCOU EM NOSSO CAMINHO PARA QUE SEJA ALIMENTADO E VESTIDO, TÃO BOM EAPRAZÍVEL EM FAZER O QUE DEUS QUER QUE FAÇAMOS. PORQUE É DURO VOCE OEDIR E NÃO SE ATENDIDO, FAÇA COMO JESUS CRISTO ALIMENTO MAIS DECINO MIL PESSOAS COM UNS PÃES E ALGUNS PEIXES E VEMOS QUE DEUS FEZ ESSA OBRA SER MERECEDORADE NOSSO AMOR E CARINHO POR ELE POR VER TANTAS CRIANÇAS E PAIS SENDO ALIMENTADOS PELO SEU AMOR.]]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória