FANDOM


200801180429324.jpg


Quando as pessoas estão envolvidas no pecado, seu coração está fixado em coisas impuras. Hoje, estudaremos como o coração e a mente afetam as ações, e aprenderemos como cumprir os mandamentos vivendo livres do pecado.


Mateus 22:37 e 38 - Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento.


Os textos a seguir nos ensinam que mostramos amor aos outros por meio de nossos atos para com eles. É interessante que o coração afeta a mente, que por sua vez afeta os atos. Vamos agora dar uma olhada em cada elemento desse importante trio.


Romanos 12:1; - Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que 'apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.'


Efésios 2:8 e 9; - Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie Ef. 5:2; - e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave


Colossenses 3:12 e 13 - Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;


2 Timóteo 1:8 e 9; - Não te envergonhes, portanto, do testemunho de nosso Senhor, nem do seu encarcerado, que sou eu; pelo contrário, participa comigo dos sofrimentos, a favor do evangelho, segundo o poder de Deus, que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos,


1 João 4:10 - Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados


O coração ama e se entusiasma.


O coração anseia, anela e deseja. O coração de uma pessoa escravizada a Satanás ama pecar e sente entusiasmo enquanto está pecando. Um coração assim anseia pelo pecado e é escravo de seus anseios. O coração que está no pecado fará qualquer coisa para satisfazer esses anseios. Isso, em si mesmo, é uma forma de idolatria, pois nosso coração deve ansiar somente pelo Senhor.


Em contraste, o coração de quem é livre em Cristo ama a Deus e sente entusiasmo por crescer na justiça. Esse coração deseja ardentemente desenvolver dentro de si a santidade e a pureza. Colossenses 3:1 nos instrui a nos interessarmos pelas “coisas que são do Céu, onde Cristo está sentado ao lado direito de Deus”. Em outras palavras, devemos concentrar nosso coração em amar a Cristo. Envolva seu coração com Ele. Entusiasme-se com Ele, anseie estar com Ele. Deseje intimidade com Ele, e lute para andar mais perto dEle. Que seu pedido seja o mesmo da amada: “Leve-me com você! Vamos depressa! Leve-me o Rei para os Seus aposentos!” (Ct 1:4, NVI). O coração que está fixado em Cristo é o coração que está livre do pecado. O coração que está encantado com Cristo recusa-se a deixá-Lo ir. Um coração assim O abraça e se agarra a Ele. Que seja esse o seu alvo!


A mente se refere aos nossos pensamentos.


A mente que está no pecado tem continuamente pensamentos pecaminosos. Pensamentos e cenas pecaminosas podem interromper seu trabalho, seu estudo, seu tempo com a família e todas as outras áreas da vida. Lembremo-nos sempre de que a mente é um campo de decisões e que, depois que tomamos uma decisão, o coração geralmente a acompanha.


Colossenses 3:2 declara: “Mantenham o pensamento nas coisas do Alto, e não nas coisas terrenas” (NVI). Devemos ter pensamentos celestiais, pensamentos sobre Cristo e Deus, pensamentos sobre a eternidade e o Céu. Devemos pensar em tudo o que for verdadeiro, nobre, correto, puro, amável, de boa fama, excelente ou digno de louvor. Em outras palavras, devemos pensar sobre Cristo (Fp 4:8 - ...se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento). A razão pela qual devemos fazer isso se encontra em Colossenses 3:3: “Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus” (NVI). Na cruz Jesus morreu por nós, mas nós também morremos nEle. Nossa velha natureza pecaminosa foi crucificada com Cristo. Talvez eu possa dizer que meu velho coração que amava o pecado morreu 2.000 anos atrás. Minha mente que estava consumida com cenas pecaminosas foi morta nas mãos dos soldados romanos, e, então, meu velho eu pecaminoso foi sepultado numa tumba.


O que fazemos está ligado ao que amamos e àquilo em que pensamos.


Como cristãos, aprendemos que é impossível alcançar a verdadeira mudança de comportamento a menos que alcancemos a mudança de coração. Ser cristão tem que ver com amar a Deus apaixonadamente, ter nossos pensamentos consumidos por Cristo, e, então, andar libertos do pecado. Não só devemos professar o amor de Cristo, mas devemos mostrar Seu amor a outros praticando bons atos.


Além disso, se decidirmos em nosso coração glorificar a Deus, então estamos atuando em harmonia com Ele e Ele nos capacitará a fazer o que é bom. Buscar a glória de Deus ao nos tornarmos livres do pecado garante nosso sucesso, porque o próprio Deus virá em nossa ajuda para que O glorifiquemos. De fato, Ele é glorificado nas escolhas diárias que fazemos de não gratificar a carne e de concentrarmos nossa mente nEle. O que nos motiva como cristãos é honrar ao Senhor em tudo, inclusive em nossa libertação da impureza.


Portanto, hoje vimos como o coração, a mente e os atos estão ligados um ao outro, e que devemos amar a Deus ao fixarmos nosso coração e mente nas coisas do alto, a fim de que possamos morrer para os atos pecaminosos e aprender a nos amar uns aos outros. Este é um resumo da vida do cristão: devemos concentrar o coração em amar a Deus, e nossos pensamentos devem se demorar em Cristo. Então, através da habitação do Espírito Santo, somos capazes de viver de maneira digna do sacrifício feito na cruz. Louvado seja Deus, pois nos é dada a força para fazer tudo o que foi dito acima por meio de Seu Filho, Jesus Cristo!



Fonte: Siga a Bíblia.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória