FANDOM


Hiperatividade-3.jpg


Tenho uma neta de 5 anos. Ela é muito agitada, não para. Corre o tempo todo e fala muito. Quando era bebê, o teste do pezinho mostrou que ela é hiperativa. Estou preocupada. Ajude-me, por favor.

(N.) Foz do Iguaçu, PR.


Resposta

Primeiro é preciso entender para que se faz o Teste do Pezinho. A explicação está abaixo conforme este site: http://www.bebevirtual.com/Bebe%200-1-72.htm.

O “Teste do Pezinho“ ou Diagnóstico Precoce é uma colheita de sangue fundamental para o rastreio de duas doenças: Fenilcetonúria – A criança não consegue utilizar uma substância que ingere com as proteínas (proteínas em excesso são tóxicas para o cérebro); e Hipotireoidismo – Hipo quer dizer baixo ou abaixo – a tireóide é uma glândula, que neste caso funciona mal, não produzindo uma substância essencial para o desenvolvimento da criança.

Agora que já se sabe para que serve o teste, deu para entender que a hiperatividade não aparece nele. Caso sua netinha seja portadora de Fenilcetonúria e nunca foi tratada, pode ser que o cérebro dela esteja sendo afetado pelo problema. Em outras palavras, a hiperatividade por ser uma consequência da doença.

É preciso observar seu aprendizado, sua comunicação, sua fala, seu desenvolvimento geral. Para isso, será necessário ir ao Neurologista ou Psiquiatra para analisar o resultado do Teste do Pezinho. Ele provavelmente pedirá outros exames para confirmar ou descartar o problema.

Outro procedimento que pode ser adotado consiste em levar a criança a um psicólogo ou psicopedagogo para fazer avaliações relacionadas ao desenvolvimento da inteligência e ao seu aprendizado.

Também é importante avaliar a situação doméstica e a alimentação da criança.

Situação doméstica

Família com problemas (pais que brigam muito perto dos filhos, que usam de violência física, que são separados, que contraíram novo casamento, que demonstram gostar mais um filho que de outro, parentes que interferem na educação dos filhos na presença deles) altera o comportamento da criança.

Alimentação

Quando ela se alimenta de forma inadequada, ingerindo bebidas que contenham cafeína (refrigerantes; café puro ou com leite, chá mate ou chá preto); doces em excesso; comida muito condimentada (picles, pimenta, carnes embutidas como mortadela, presunto, presunto de aves, salame, etc.); pouca variedade nas refeições diárias (todo dia arroz, feijão, carne, batata frita e salada de tomate, por exemplo); ou alimentação sem horário estabelecido, também podem causar distúrbios de comportamento e atenção.

Depois de analisar estas possibilidades, as coisas poderão ser discutidas com a família, com muito respeito e no momento apropriado, de preferência, longe da netinha.

Espero que minhas orientações sejam úteis.

Um forte abraço.

Charlotte Fermum Lessa

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória