FANDOM


Pc


Programa de autorrepararão

ClearView é o nome de um software que foi construído para proteger computadores. O mais interessante é que o ClearView funciona sem assistência humana e é mais rápido que os engenheiros, já que estes, quando descobrem um ponto fraco num software, demoram em média um mês para restaurar os sistemas afetados.

Quando o ClearView detecta um intruso no sistema, ele determina o alvo exato do ataque e cria um “software-remendo”. Depois testa o aparato para ver se a solução já está em funcionamento. Em média, o ClearView construiu um “remendo” eficiente no espaço de cinco minutos após estar exposto ao ataque.

Se alguém lhe disser que esse sistema de autorreparação é o resultado de milhões de anos de mutações casuais filtradas pela seleção natural, você vai acreditar? Mas, quando observam sistemas biológicos que fazem exatamente isso (autorreparação), por que é que darwinistas ateus acreditam que esses sistemas simplesmente passaram a existir sem que alguém inteligente os tenha criado?

O sistema imunológico aponta para o poder e a inteligência de Deus, além de inspirar os pesquisadores a desenvolver melhores defesas para os computadores.

Michelson Borges


Semente que voa

Sx

Uma sementinha conhecida como maple tem a interessante capacidade de se soltar da árvore e descer num voo tranquilo e estável até chegar ao chão, onde poderá se desenvolver em nova árvore. Ela tem apenas uma “asa” e sempre intrigou os pesquisadores. Inspirados nessa característica das sementes maple, estudantes da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, conseguiram desenvolver um veículo aéreo capaz de planar suavemente ao ser lançado de um avião, de algum local alto ou mesmo arremessado com as mãos – e ele faz isso justamente imitando o “voo” da maple.

As primeiras tentativas de replicar a capacidade de planar das sementes de maple datam de 1950. Até agora, todas essas tentativas haviam fracassado pela falta de controle sobre o voo dos veículos. Ou seja, os pesquisadores levaram quase 60 anos utilizando inteligência e tecnologia para replicar o desempenho mostrado pela semente de maple desde sempre... Design inteligente inspira design inteligente.

Michelson Borges


Papo de bactérias

Bactérias

Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia, em Diego, nos Estados Unidos, desenvolveu ferramentas que permitem ver como as bactérias “conversam” umas com as outras e como enfrentam e vencem a batalha contra outros microrganismos. Isso mesmo! As bactérias batem papo, mas não como nós. Para se comunicar, elas liberam moléculas que enviam sinais a outros microrganismos para, por exemplo, obter mais nutrientes. Os cientistas observaram que as “conversas químicas” entre bactérias envolvem muitos sinais que funcionam ao mesmo tempo. As trocas de moléculas feitas por microrganismos são muito mais complexas do que os pesquisadores imaginaram, envolvendo dez, 20 ou até 50 moléculas de uma só vez. A ideia é mapear centenas de interações bacterianas para produzir um “dicionário bacteriano”, que possa ajudar a traduzir os sinais dos microrganismos.

Além dessa capacidade complexa de comunicação, microrganismos também dispõem de motores moleculares supereficientes que inspiram a nanotecnologia; têm mais informação em seu DNA do que muitas enciclopédias; são capazes de duplicar toda essa informação e se dividir; etc. Mas não se esqueça: são “simples bactérias”, tipo aquelas que teriam dado origem à vida...

Michelson Borges

Célula inspira robô minúsculo


O sonho de muitos cientistas é criar robôs minúsculos (nanorrobôs) capazes de entrar no corpo humano e levar medicamentos diretamente ao local em que são necessários, o que evitaria os efeitos colaterais, principalmente das quimioterapias atuais. Talvez o sonho possa se tornar realidade em breve.

Inspirados no sistema de transporte que funciona no interior das células, cientistas utilizaram moléculas de DNA para criar um andarilho robótico bípede capaz de caminhar de forma autônoma. Não é um nanorrobô, mas um tipo de motor que poderá vir a acionar um desses robôs microscópicos. Esse motorzinho funciona apenas em condições extremamente controladas de laboratório, mas já é uma grande conquista para a criação de motores moleculares sintéticos de maior complexidade.

Os pesquisadores estão de olho especialmente em proteínas supercomplexas como a quinesina, que funciona como motor molecular que transporta dentro da célula compostos químicos necessários à vida.

Para ter uma ideia do tamanho diminuto dessa invenção, a trilha de DNA, por onde o andarilho molecular caminha, mede 49 nanômetros. A distância de 49 nanômetros está para 1 metro, assim como 1 metro está para o diâmetro da Terra.

Quem é o responsável pela criação desse microuniverso de complexidade que o ser humano tenta imitar? Quem desenhou esses motores precisos e invisíveis a olho nu? O Criador do micro e do macro. O grande Projetista chamado Deus.

Michelson Borges

A força dos dentes

Dentes ( 2)

Os dentes estão entre as coisas mais duras e resistentes que existem, afinal, são submetidos à pressão todos os dias. Segundo um novo estudo, essa resistência se deve à forma microscópica do esmalte dentário (a camada mais dura e externa do dente), que lembra a trama de uma cesta.

Embora o esmalte seja superduro, assim como o vidro, ele é quebradiço. O que surpreende os pesquisadores é que, quando bem cuidados, os dentes não quebram facilmente e podem durar a vida toda.

Os cientistas estudaram a boca de humanos e de animais e descobriram o segredo dos dentes: a microestrutura do esmalte faz com que as rachaduras que eventualmente se formam não se espalhem pelo resto do dente. Assim ele não se quebra em muitos pedaços. Quando examinaram os dentes de pessoas mais velhas, descobriram que eles estão cheios de rachaduras, embora continuem intactos. É um sistema de proteção incrível!

Mesmo com toda a tecnologia usada para fabricar próteses, os implantes feitos para substituir dentes perdidos nem chegam aos pés dos originais. As próteses têm menos resistência e quebram mais facilmente.

Quem criou essa microestrutura dentária com tecnologia ainda inigualável? A resposta está na ponta da língua – ou melhor, nos dentes.

Michelson Borges

O radiador do tucano

Tucano

Se você tem um mínimo conhecimento de automóveis, deve saber o que é um radiador. E deve saber também que ele é essencial para o bom funcionamento do motor. O radiador faz parte do sistema de refrigeração e, sem ele, o motor ferveria e fundiria antes de o carro ter percorrido poucos quilômetros. Mas você sabia que o tucano também tem um “radiador”?

Durante muito tempo, os cientistas ficaram intrigados com o tamanho do bico do tucano, até que descobriram exatamente para que ele serve. Com câmeras infravermelhas, os pesquisadores observaram o animal dissipando calor pelo bico, para ajudar a regular a temperatura do corpo. Charles Darwin pensava que o bico do tucano era usado para atrair o sexo oposto. Estava errado. Ideias mais recentes sugeriam que a ave usava o bico apenas para descascar frutas e/ou para depredar ninhos e dar alertas visuais. Também não estavam de todo certas.

Se o ambiente esquenta, o bico dos tucanos se aquece em questão de minutos, dissipando o calor do corpo da ave e permitindo que ela permaneça resfriada. O oposto também foi observado, pois quando as temperaturas são mais brandas, pouco calor irradia através do bico, permitindo que a ave conserve o calor.

Segundo artigo publicado na Science, o bico do tucano tem uma rede de vasos sanguíneos que podem aumentar ou restringir o fluxo de sangue. Ao alterar esse fluxo na superfície do bico, os tucanos podem conservar ou liberar o calor corporal para se resfriarem.

O estudo mostrou que o tucano é extremamente mais eficiente que os radiadores inventados pelo ser humano: o bico pode eliminar 100% do calor corporal ou apenas 5%, caso o fluxo sanguíneo seja interrompido. E isso é vital, pois, como as aves não suam, necessitam utilizar o bico para regular a temperatura corporal.

Quem projetou essa “peça” vital no corpo dos tucanos? “Faça perguntas às aves (...) e [elas] o ensinarão” (Jó 12:7, NTLH).


Água na boca

Boca

Não é apenas quando vemos uma suculenta torta de morango que nossa boca se enche d’água. Na verdade, a boca está sempre molhada e isso é muito bom. De vez em quando, até podemos ficar com a boca seca, especialmente quando estamos nervosos, tristes ou estressados. Mas se a boca está seca a maior parte do tempo, isso não apenas é desconfortável, como pode causar sérios problemas de saúde ou ser indicativo de que já existe uma doença grave.

A saliva faz mais do que simplesmente manter a boca úmida. Ela ajuda a digerir o alimento, protege os dentes das cáries, previne infecções (pois controla as bactérias da boca) e torna possível a mastigação e o ato de engolir.

Esse líquido importante (a saliva) é produzido pelas glândulas salivares, que devem funcionar adequadamente para que tenhamos todos os benefícios descritos acima.

Michelson Borges


Cérebro tem banda larga

Cerebro

A gente fala que tem conexão banda larga quando a navegação na internet é bem mais rápida e permite maior tráfego de informação. Você sabia que o cérebro também tem banda larga? No fim do ano passado, foi anunciada a descoberta de circuitos de neurônios especiais que podem trafegar dados em velocidades até três mil vezes maiores que a rapidez normal entre certas áreas do cérebro.

Os neurônios (células nervosas) estão principalmente no que se chama “massa cinzenta”, que ocupa a metade do volume do cérebro. A outra metade, chamada de “massa branca”, é constituída de longos filamentos com poucos neurônios. Esses filamentos são como fios encapados por uma substância gordurosa isolante chamada mielina.

O que se descobriu recentemente é que essas longas fibras brancas desempenham papel importante na transmissão de informações dentro do cérebro. Elas funcionam como se fossem conexões de banda larga. Isso tudo graças à camada de isolamento que impede o “vazamento” de impulsos elétricos. A mielina transmite mais informações por segundo, reduzindo o tempo de espera entre sinais. Esses neurônios encapados capazes de processar três mil vezes mais informações são cruciais para a capacidade da fala e processamento da linguagem.

Nem o mais sofisticado computador do mundo se iguala ao cérebro essa maravilha criada por Deus.

Michelson Borges [[Categoria:TUDO QUE O DEUS CRIOU É MARAVILHOSO, QUEM SERIA CAPAZ DE FAZER COM QUE NÓS O PENSAMENTO, A SALIVA, E TODAS AS COISAS MAIS IMPORTANTES DO CORPO FAZEM POR NÓS. GRÇAS A DEUS QUE TEMOS UM DEUS FIEL E MANTENEDOR DE TODAS ESSAS CIOISAS, QUE NEM OS ANIMAIS, O COMPUTADOR DEUS QUEM NOS DÁ TUDO ISSO, GLÓRIA A VÓS POR TUDO ISSO E POR AQUILO QUE NÓS NÃO ACHAMOS EXPLICAÇÃO, PORQUE TUDO BEM DE DEUS.]]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória