FANDOM


Gaivota.jpg

A Força do Perdão

Um certo beduíno estava dentro da sua tenda ao sol da Palestina quando entrou correndo um garoto adolescente, que se refugiou atrás dele, chorando e grunhindo. Logo em seguida chegou uma turba alvoroçada, empunhando cacetes e facas. Abriram a portinha da tenda e disseram ao beduíno: "Dá-nos este menino porque ele é um assassino". O beduíno respondeu: "Mas há uma lei entre nós que diz que quando um assassino se refugia numa tenda e o dono da tenda lhe der abrigo e guarida, ele está absolvido. Eu me compadeci deste garoto, quero perdoar-lhe". E o garoto tremia... Mas eles disseram: "Você quer perdoá-lo porque não sabe o que ele fez e nem a quem matou". O beduíno falou: "Não importa, eu quero perdoá-lo". Os homens então afirmaram: "Ele matou seu filho. Vá ver o corpo dele sangrando na areia ali fora". O beduíno caiu num profundo silêncio, depois, enxugando as lágrimas, disse: "Então eu vou criá-lo como se fosse o meu filho a quem ele matou". Este é o padrão do perdão divino para nós.

A Verdadeira Identidade

Uma águia pôs um ovo no ninho de uma galinha. Com o tempo a galinha chocou os ovos e juntamente com os pintainhos nasceu o filhote da águia. Eles cresceram juntos e o filhote da águia, embora diferente, fazia tudo que um frango fazia, ciscava, comia minhocas, etc. Certo dia o filhote da águia viu uma águia voando bem alto e pensou! “Eu queria ser igual aquela águia e voar bem alto.”

O Touro e a força

Um homem foi a uma tourada. No final da apresentação resolveu olhar os touros mais de perto, dirigiu-se então para o local onde eles estavam presos. Ao se aproximar de um touro percebeu que ele estava preso por uma corda muito fina e, que facilmente poderia ser rompida pelo touro. Naquele momento, pensou o homem, se o touro arrebentar esta corda com certeza ele irá me atacar, desesperado ele procurou se retirar do lugar. Quando saía rapidamente encontrou um senhor que cuidava dos touros. - O que houve meu jovem? – Perguntou o senhor. - Este touro está preso por uma fina corda e se fugir irá nos matar – Repondeu angustiado. - Calma meu jovem – disse o velho com um sorriso no rosto – O touro não arrebenta a corda porque ele não sabe a força que tem.

Descrição Fantasiosa da Criação

(William Irwin Thompson ) Imagine Deus no céu, cercado pelos coros de anjos que o adoram, cantando hosanas interminavelmente... "Se eu criar um mundo perfeito, sei qual será o resultado. Em sua absoluta perfeição, funcionará como uma máquina perfeita, jamais se desviando de minha vontade absoluta.." uma vez que a imaginação de Deus é perfeita, para ele não há qualquer necessidade de criar tal universo: para ele é suficiente imaginá-lo para poder vê-lo em todos os seus detalhes. Tal universo não seria muito interessante quer para o homem quer para Deus, por isso podemos presumir que a Divindade prosseguiu em suas meditações. "Mas que aconteceria se eu criasse um universo que é livre, livre até mesmo de mim? O que aconteceria se eu escondesse minha Divindade de maneira que as criaturas fossem livres para cuidarem de suas próprias vidas, sem ficarem amedrontadas por minha Presença onipotente? As criaturas irão me amar? Posso ser amado por criaturas que não programei para me adorarem eternamente? Será que da liberdade pode surgir o amor? Meus anjos me amam incessantemente, mas eles podem me ver a todo tempo. Que acontecerá se eu criar seres à minha própria imagem como um Criador, seres que sejam livres? Mas, se eu introduzir liberdade nesse universo, corro o risco de também introduzir o Mal, pois se forem livres, então serão livres para se desviar de minha vontade. Bem....Mas o que acontecerá se eu continuar a interagir com esse universo dinâmico, o que acontecerá se eu e as criaturas juntos nos tornarmos os criadores de uma grande peça cósmica? O que acontecerá se, de cada ocasião de manifestação do mal, eu reagir com um bem imaginável, um bem que supera totalmente o mal ao se manifestar inesperadamente a partir da próprias tentativas do mal de negar o Bem? Essas novas criaturas de liberdade irão então me amar, unir-se-ão a mim para criar o Bem a partir do Mal, algo novo a partir da liberdade? O que acontecerá se eu me unir a elas no mundo de limitação e forma, o mundo de sofrimento e mal? Ah...num universo verdadeiramente livre, nem eu mesmo sei como acabará. Será que eu mesmo tenho coragem de assumir esse risco em nome do amor?"

Coisas importantes a aprender com a Arca de Noé.

1) Não perca o barco. 2) Lembre-se de que estamos todos no mesmo barco. 3) Planeje para o futuro. Não estava chovendo quando Noé construiu a Arca. 4) Mantenha-se em forma. Quando você tiver 60 anos, alguém pode lhe pedir para fazer algo realmente grande. 5) Não dê ouvido aos críticos; apenas continue a fazer o trabalho que precisa ser feito. 6) Construa seu futuro em terreno alto. 7) Por segurança, viaje em pares. 8) A velocidade nem sempre é uma vantagem. Os caramujos estavam a bordo com os leopardos. 9) Quando estiver estressado, flutue por um tempo. 10) Lembre-se, a Arca foi construída por amadores; o Titanic por profissionais 11) Não importa a tempestade, pois quando você está com Deus há sempre um arco-íris lhe esperando.

A Formiga e a Cigarra (Conto Clássico Revisado)


Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas. Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do bate-papo com os amigos ao final do trabalho, tomando uma cervejinha.

Seu nome era "trabalho" e seu sobrenome, "sempre".

Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu para valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir.

Então, passados alguns dias, começou a esfriar. Era o inverno que estava começando. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém chamava por seu nome do lado de fora da toca.

Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu: sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari com um aconchegante casaco de vison. E a cigarra disse para a formiguinha: - Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris, será que você pode cuidar da minha toca?

E a formiguinha respondeu: - Claro, sem problemas! Mas o que lhe aconteceu? Como você conseguiu dinheiro para ir a Paris e comprar essa Ferrari?

- Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer uns shows em Paris... A propósito, a amiga deseja algo de lá? Respondeu a formiguinha: - Desejo, sim. Se você encontrar um tal de La Fontaine (autor da fábula original) por lá, mande-o PLANTAR BATATA !!!

MORAL DA HISTÓRIA.

"Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão!!!"

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória