FANDOM


Miseria4










Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; dêem também de graça. Mateus 10:4, NVI


Um querido amigo descreve assim o propósito de sua vida: "reduzir a soma total da miséria humana no mundo."


Minha esposa e eu fomos para a Índia três semanas depois de nosso casamento. Acabamos ficando mais de 15 anos, com intervalos periódicos de licença para visitarmos a nossa pátria. Em um desses retornos alguém nos perguntou: "Qual é a utilidade de tentar ajudar essas pessoas na Índia?


Qualquer bem que vocês possam fazer será como uma gota no oceano".



Realmente – apenas uma gota no oceano. Na verdade, quando você vê a dimensão das necessidades e do sofrimento humano na Índia, não é nem uma gota!


Mas esse não é o ponto. Deus não nos chamou para ajudar o mundo todo, mas para ajudar o nosso mundo – o mundo em que vivemos, o mundo da nossa rua, o mundo da nossa família.


Não precisamos ir para a Índia. Não precisamos nos tornar uma Madre Teresa, levando esperança e amor aos que estão a morrer nas ruas de Calcutá.


Estou cada vez mais convencido de que as maiores contribuições para a causa do bem são as pequenas ações realizadas por pessoas comuns – os atos de gentileza e delicadeza, as cortesias espontâneas, as obras de graça e generosidade que nunca aparecerão nos noticiários.


Se pudéssemos abrir os ouvidos e ouvir – o que significa, se permitíssemos Deus abrir nossos ouvidos – conseguiríamos captar alguma coisa da triste música da humanidade, do silencioso pranto de aflição escondido no coração de tantos ao nosso redor.


Uma das críticas mais cortantes dirigidas a nós, cristãos, por aqueles que estão sofrendo, é que muitas vezes estamos tão ocupados com nossas bênçãos que não conseguimos ver os que estão sofrendo. Demasiadas vezes a igreja é um lugar solitário para a pessoa divorciada, o solteiro após os trinta anos, o deficiente e o idoso.


A miséria humana não se restringe à Índia. A realidade mais trágica de todas – conseguiremos aceitá-la? – é que a miséria pode estar dentro da nossa própria casa. Podemos estar tão ocupados com o nosso trabalho, a nossa igreja, a nossa reputação, que deixamos de "ouvir" a linguagem silenciosa do nosso filho ou do nosso cônjuge!



ORAÇÃO


Ó Deus das ternas misericórdias abre meus olhos para que eu consiga enxergar e meus ouvidos para que eu consiga escutar. Faça-me sensível ao pranto dos aflitos para que eu possa, assim como o Senhor da missão, aliviar a soma total da miséria humana.



Autor: William G. Johnsson

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória