FANDOM



Sonda-me'

Batalha espiritual.jpg
', ó Deus, e conhece o meu coração; [...] dirige-me pelo caminho eterno. Salmo 139:23, 24

Nenhum computador da Terra chega perto da capacidade média do cérebro humano, que é capaz de processar dois milhões de bytes de informação por segundo. É ali que você raciocina, decide, prediz, crê e desenvolve atitudes. Ali estão contidos a imaginação, a memória e o senso moral. É ali que você armazena tanta informação quanto a contida nos livros da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. É ali que, segundo os psicólogos, cada pessoa chega a ter perto de dez mil pensamentos por dia. Contudo, não existe nada mais frágil que o cérebro. Um tombo de moto ou uma bala perdida podem destruí-lo. Uma dose de uma droga poderosa pode arruinar seu delicado funcionamento.

Já que a batalha é pelo domínio da mente, vamos ver como é que ela, a mente, se comporta em relação à tentação? Que caminho a tentação percorre na mente? Quando ela se torna “pecado”?

Suponha que eu tivesse na geladeira um bolo de abacaxi, úmido e de rodelas douradas. Um dia, às 11h da noite, logo depois de apagar a luz, penso: “Bolo de abacaxi! Bolo de abacaxi na geladeira!” Mas não é mais hora de comer.

Primeira reação: sento-me na cama, dizendo para mim mesmo: “Não vou comer o bolo de abacaxi.” Ato seguinte: levanto-me, acendo a luz do quarto, vou para o corredor, chego à cozinha e abro a geladeira. Note que meu pensamento continua o mesmo: não vou comer o bolo de abacaxi. Tiro o bolo da geladeira e digo: “Não vou comer um pedacinho, vou comer ele todo!” E pego também sorvete e refrigerante, e...

Note a sequência: (1) a chegada da tentação, (2) pensamento alimentado, (3) forte impulso de praticar e (4) finalmente a ação em si. Ela pode ser diferente, mas cada um de nós percorre esse caminho.

A luta para não permitir que a mente se demore em pensamentos impuros é de todos: jovens e adultos, homens e mulheres, vegetarianos e não vegetarianos. Vigiamos nosso comportamento porque todos podem nos observar. Mas, como ninguém vê nossos pensamentos, lhes damos rédeas soltas. Um jovem chegou a dizer: “Pastor, o que eu faço? Até na hora em que estou orando me vêm esses pensamentos bobos à cabeça?”

“O coração deve ser renovado pela graça divina, ou será inútil procurar pureza de vida” (Ellen G. White, Patriarcas e Profetas, p. 460).

Não copie o comportamento e os costumes deste mundo, mas transformem-se numa nova pessoa, por mudar sua maneira de pensar. Romanos 12:2, A Bíblia Viva

James Watson, colaborador na descoberta do DNA, descrevendo o cérebro num livro recente diz: “É a coisa mais complexa já descoberta em nosso Universo.” E uma das maravilhas relacionadas ao cérebro é sua capacidade de armazenamento de informação.

Sabendo da importância da função da mente no conflito entre o bem e o mal, Paulo adverte: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente” (Rm 12:2). Que devemos fazer para enfrentar as tentações que vêm através dos sentidos?

1. Evitar ler, ver e ouvir tudo que sugira pensamentos impuros. “Aqueles que não querem ser presa dos ardis de Satanás devem bem guardar as entradas da alma; devem evitar ler, ver, ou ouvir aquilo que sugira pensamentos impuros” (Ellen G. White, Mensagens aos Jovens, p. 285). Aqui está incluído tudo o que alimenta a mente. Tem que ver com nossas leituras, o mundo de imagens da internet ou outros meios e a música. Claro que há o lado benéfico da internet para pesquisa, mas temos que administrar o tempo diante do computador. As imagens geradas pelo computador podem alimentar a mente com fantasias para pensamentos impuros.

2. Colocar outro pensamento na mente. A lei de Newton se aplica aqui: dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Conclusão: procure colocar outro pensamento que não tenha ligação com o que está querendo ocupar sua mente. Imagine que você está jogando, andando de bicicleta, correndo, etc. Há um provérbio turco que diz: “O diabo tenta a todos os homens, mas os desocupados tentam o diabo.” Qualquer momento de ócio tem que ser bastante vigiado. Paulo, escrevendo aos filipenses, simplesmente apresentou o lado positivo: “Quero que vocês pensem naquilo que é verdadeiro, digno, justo...” (Filipenses 4:8).

A oração de Davi é um bom modelo de oração para renovar nossa mente: “Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável” (Sl 51:10).



José Maria Barbosa Silva

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória